quinta-feira, 25 de julho de 2013

A hora certa de terminar uma relação




Colocar um ponto final numa relação não é uma tarefa fácil. Porém, chega a hora de acabar de vez com o relacionamento que, se for sincera consigo mesma, já deixou de existir há tempos.

terça-feira, 16 de julho de 2013

COMODISMO, MEDO E STATUS LEVAM HOMENS A MANTER RELACIONAMENTOS INFELIZES.



A promessa "até que a morte nos separe" é cada vez menos cumprida pelos casais. A possibilidade de se divorciar com mais facilidade e ter a esperança de iniciar uma nova vida com outra pessoa faz com que muitos relacionamentos acabem. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), os divórcios aumentaram 20% em dez anos. Para o psicanalista Mauricio Sita, autor do livro "Vida Amorosa 100 Monotonia" (Editora Viver Melhor), é mais frequente que a mulher tome a iniciativa de se separar, ainda que o parceiro também esteja insatisfeito. "O homem não gosta de ser o responsável pelo rompimento", afirma. 

Segundo o psicanalista, quando a relação vai mal, é muito comum o homem criar armadilhas para que a mulher tome a iniciativa de terminar. "Ele fica distante, economiza atenção e carinho, prioriza o trabalho e os programas com os amigos", explica o especialista. Dessa maneira, ele vai minando o relacionamento e forçando-a a agir. O psicólogo Ailton Amélio da Silva, professor da USP (Universidade de São Paulo), diz que, na maioria das vezes, as discussões sobre o relacionamento são iniciadas pelas mulheres. "Em geral, elas se incomodam e buscam reverter a situação; querem melhorar ou terminar de vez", explica Silva.

Maurício Sita explica que um dos motivos que mais perturba o homem, ao assumir a iniciativa de romper um relacionamento, é ter de se justificar para a parceira. "Ele evita tomar a decisão porque sabe que a mulher o questionará, e os homens detestam ter de dar explicações".

A psicóloga Denise Diniz, coordenadora do Setor de Gerenciamento de Estresse e Qualidade de Vida da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) afirma que, culturalmente, o homem é considerado o provedor  e terminar o relacionamento é o mesmo que abandonar a família. "Eles costumam encarar uma separação como sinal de fracasso e têm mais dificuldade de lidar com isso”. Segundo ela, é muito mais cômodo para o homem dizer que foi a mulher que o dispensou a ter de assumir que a deixou. 

Além disso, as mulheres são mais sentimentais. "Para elas, a falta de amor é motivo para terminar uma relação. Já os homens analisam todas as dificuldades de uma separação", diz Denise. O fim do amor não é determinante para o rompimento na cabeça do homem. Ele avalia outros aspectos, como o social, financeiro e até o companheirismo. "A relação pode estar ruim, mas estabilidade é fundamental para o sexo masculino”, explica.


Sita diz que os homens detestam se desestabilizar. Se a relação sexual esfriou e só acontece de vez em quando, tudo bem. "Para o homem é melhor estar mal acompanhado do que só. Se o sexo acontecer vez ou outra, ótimo", diz Silva. E, se diminuir demais, ele pensará em procurar outra e viver uma vida dupla. "Mas, mesmo tendo outra na jogada, dificilmente cederá à pressão e terminar o relacionamento", diz Denise, que concorda com os especialistas, os homens preferem uma rotina medíocre a ter de enfrentar mudanças. 
RAZÕES QUE IMPEDEM OS HOMENS DE ROMPER O RELACIONAMENTO:
1. Comodismo: família e casa estabelecidas, convivência diária com os filhos e uma mulher para transar, mesmo que seja de vez em quando, é o suficiente para manter muitos homens em um relacionamento. Eles gostam de estabilidade.

2.  Medo: se afastar dos filhos e da companheira que sempre cuidou de tudo para ele pode ser assustador. Há homens que temem não encontrar outra parceira e deixar a mulher livre para outras aventuras.

3. Fuga: quando um homem quer terminar, ele tende a aumentar os custos e diminuir os benefícios, empurrando para a mulher a iniciativa de romper. Para ele, dialogar e assumir a responsabilidade pela separação é um peso.

4. Receio do julgamento: alguns preferem evitar a separação para não abandonar a parceira e os filhos. No fundo, os homens receiam ser julgados pela sociedade.

5. Status: é importante para o homem mostrar para a sociedade que tem uma família, pois isso ainda é sinônimo de status social e pode lhe favorecer no ambiente profissional e familiar.

segunda-feira, 15 de julho de 2013



FICA A DICA DA LEITURA, É IMPORTE SEMPRE CONHECER AS VÁRIAS FACES DA MÍDIA POIS, MUITOS POR FALTA DE CONHECIMENTO E ACESSO AO "VÁRIOS ÂNGULOS" DE  UMA HISTÓRIA TOMA A PRIMEIRA QUE VER E QUE É MAIS DIVULGADA COMO VERDADE ABSOLUTA VAMOS LÁ BRASIL MOSTRE SUA CARA. RENILDA DA SILVA.

domingo, 14 de julho de 2013

SERÁ QUE É POSSÍVEL AMAR DUAS PESSOAS AO MESMO TEMPO?


Se você estiver apaixonada por duas pessoas ao mesmo tempo, escolha a segunda - se realmente amasse a primeira, nem teria olhado para o lado. Bom, pelo menos é isso o que você sempre ouviu dizer. Deve ter escutado também que, se é comprometida e se interessa por outro, significa que há algo de errado na relação original, que alguma coisa está faltando. E que você é sacana, safada, egoísta. Talvez você mesma já tenha concordado que é impossível cultivar dois amores simultâneos - por biologia ou moral. Até acontecer com você.

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Homens pensam menos em sexo do que acham e falam, diz estudo



Os homens estão menos interessados em sexo do que se pensa. De acordo com uma pesquisa da Universidade de Duke, nos Estados Unidos, exageram ao comentar o quanto pensam no assunto e o colocam em prática. Os dados são do jornal Daily Mail.
Os cientistas avaliaram respostas de questionários diários de 101 homens e 101 mulheres. Todos comentaram sobre saúde sexual, interesse em sexo, nível de atividade, desconforto, disfunção e satisfação por 30 dias. No fim do período, os voluntários responderam questões sobre função sexual no mês.
De maneira geral, os participantes tenderam a marcar quase um ponto a mais (0,7, em média) no quesito interesse sexual quando avaliaram o mês todo em comparação com a pontuação registrada diariamente. Mas os homens superestimaram mais do que as mulheres e os pesquisadores acreditam que isso se deve ao fato de as pessoas preencherem lacunas na memória usando os estereótipos de gênero, como o de que eles pensam e fazem mais sexo.
Constatou-se também que pessoas de bom humor também classificaram como maior a quantidade de relações e pensamentos que realmente tiveram, enquanto as de mau humor subestimaram a frequência.  

http://mulher.terra.com.br/comportamento/

quarta-feira, 10 de julho de 2013

QUAL SERÁ A VERDADEIRA FACE?

 

 

O Cafezinho: Barbosa escondeu laudo por filho

  Blog que denunciou sonegação da Globo aponta agora que presidente do STF manteve em sigilo absoluto inquérito 2424, derivado do chamado mensalão, que investiga empresa Tom Brasil por receber R$ 2,5 milhões de Marcos Valério. Os documentos envolveriam Felipe Barbosa que, antes de ir trabalhar na TV Globo com Luciano Huck, era assessor de imprensa da casa de shows Vivo Rio. “Quem autorizou este pagamento foi Cláudio de Castro Vasconcelos, gerente-executivo de Propaganda e Marketing do Banco do Brasil, desde o governo FHC. Estranhamente não foi denunciado na AP-470 junto com Henrique Pizzolato”, afirma o site
10 de Julho de 2013 às 05:25

247 – O presidente do Supremo Tribunal Federal provou que não mede esforços para conduzir a carreira do filho Felipe Barbosa. No início de junho, ele voou com verbas da Corte para o Rio de Janeiro para assistir a uma partida de futebol no Maracanã como convidado do camarote do apresentador da Globo Luciano Huck e de sua esposa Angélica. Dias depois foi revelado que Huck seria o novo patrão de Felipe Barbosa no programa Caldeirão do Huck.
As gentilezas e troca de favores com a família Huck não pararam por ai. Barbosa participou da gravação de um vídeo em homenagem ao aniversário do pai do apresentador, o advogado Hermes Huck. O problema: Hermes advoga junto ao STF e já teve um caso relatado por Barbosa (Leia aqui).
Mas segundo o blog O Cafezinho, o presidente do STF pode ter ido muito além para proteger seu filho, inclusive esconder um laudo de um inquérito que corria na Justiça. Leia a informação do site:
Joaquim Barbosa escondeu laudo que envolvia seu filho
Enviado por Miguel do Rosário
Empresa investigada por receber R$ 2,5 milhões de Marcos Valério contratou filho de Joaquim Barbosa
por Helena Sthephanowitz, Na Rede Brasil Atual.
Se Barbosa é relator da ação que envolve Valério, não deveria ter mais atenção a este tema?
O grupo Tom Brasil contratou Felipe Barbosa, filho do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, para assessor de Imprensa na casa de shows Vivo Rio, em 2010. Até poucos dias atrás, antes de ele ir trabalhar na TV Globo com Luciano Huck, Felipe ainda era funcionário da Tom Brasil.
Nada demais, não fosse um forte inconveniente: a Tom Brasil é investigada no inquérito 2474/STF, derivado do chamado “mensalão”, e o relator é seu pai Joaquim Barbosa. Este inquérito, aberto para investigar fontes de financiamento do chamado “mensalão”, identificou pagamento da DNA propaganda, de Marcos Valério, para a Casa Tom Brasil, com recursos da Visanet, no valor de R$ 2,5 milhões. E quem autorizou este pagamento foi Cláudio de Castro Vasconcelos, gerente-executivo de Propaganda e Marketing do Banco do Brasil, desde o governo FHC. Estranhamente não foi denunciado na AP-470 (chamado “mensalão”) junto com Henrique Pizzolato.
Outra curiosidade é que um dos sócios do grupo Tom Brasil, Gladston Tedesco, foi indiciado na Operação Satiagraha, sob a acusação de evasão de divisas como cotista do Opportunity Fund no exterior, situação vedada a residentes no Brasil. Ele negou ao jornal Folha de S. Paulo que tenha feito aplicações no referido fundo.
Tedesco foi diretor da Eletropaulo quando era estatal em governos tucanos, e respondeu (ou responde) a processo por improbidade administrativa movida pelo Ministério Público.
Pode ser só que o mundo seja pequeno, e tudo não passe de coincidência, ou seja lobismo de empresários que cortejam o poder, embora o ministro Joaquim Barbosa deveria ter se atentado para essa coincidência inconveniente, dada a sua dedicação ao inquérito.
Entretanto, não custa lembrar que se o ministro, em vez de juiz, fosse um quadro de partido político, o quanto essa relação poderia lhe causar complicações para provar sua inocência, caso enfrentasse um juiz como ele, que tratou fatos dúbios como se fossem certezas absolutas na Ação Penal 470. Também é bom lembrar que o ministro Joaquim Barbosa já declarou que não tem pressa para julgar o mensalão tucano, no qual Marcos Valério é acusado de repassar grandes somas em dinheiro para a campanha eleitoral dos tucanos Eduardo Azeredo e Aécio Neves.
PS O Cafezinho: Barbosa manteve-se o inquérito 2424 em sigilo absoluto. Neste inquérito, constavam documentos que podiam inocentar vários réus da Ação Penal 470. Os documentos também envolviam, conforme denúncia da Rede Brasil Atual, o seu próprio filho, que trabalhou numa empresa investigada por receber R$ 2,5 milhões de Marcos Valério. Tudo muito estranho. Ainda iremos escrever um bocado sobre isto. Aguardem.
 FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/107945/Barbosa-celebra-pai-de-Huck-que-advoga-no-STF.htm

segunda-feira, 8 de julho de 2013

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Pesquisa revela comportamento sexual da mulher brasileira


A Revista Vip encomendou essa pesquisa para saber mais sobre os padrões sexuais das mulheres brasileiras. Eles consultaram via internet 1 193 mulheres entre 18 e 35 anos do país todo. O resultado está abaixo: um detalhado estudo cheio de surpresas HAHAHA É APENAS UMA PEQUENA AMOSTRA MAS NO MÍNIMO DÁ PRA GENTE TER UMA NOÇÃO EM BORA SEJA UMA BLOG MAIS VOLTADO PARA PÚBLICO FEMININO VALE A PENA OS MENINOS CONHECER UM POUQUINHO HAHAH.

II ENCONTRO DE YOUTUBERS SERRINHA

O  YouTube  é hoje a segunda maior ferramenta de busca do mundo. Com isso, a cada dia surgem novos canais e mais pessoas atrás...